Sabia que fulano é… … … ?

Remoendo coisas do passado !
1 de dezembro de 2017
Exibir tudo

Sabia que fulano é… … … ?


Ao falarmos dos outros estamos falando de nós.

reconhecemos algo fora de nós porque já o conhecemos em nós.
Não há como REconhecer algo sem haver conhecido antes. O mesmo acontece com os comportamentos que vemos em alguma pessoa e que criticamos, julgamos, odiamos ou amamos. Quando criticamos alguém estamos vendo parte de nós.
Melhor calar do que falar, pois estaremos falando de nós mesmos.
Antes de julgarmos ou criticarmos alguém é melhor olharmos para nossos próprios comportamentos e atitudes.
Não são os outros, somos nós. Por isso não falemos dos outros.
Está na hora de cuidarmos de nossas próprias vidas.

Mas é só um comentário !

Se João fala de Pedro pra você, amanhã ele falará de você para Antônio.

Se o que você tem pra falar de outra pessoa depõe contra ela ou faz mal à imagem dela, então não fale. Só fale o que faz acrescentar na imagem do outro. Do contrário sua conversa será de destruição. Quando se fala de alguém não se trata só de um comentário, é uma difamação, destruição da imagem do outro para aquela com quem você está falando.

Um nome é difícil de ser construído portanto não destrua e nem manche a imagem de ninguém. Você não é juiz para dizer o que é certo ou errado no outro.

Os noticiários têm exposto, de uma forma escandalosa, a vida das pessoas como se fosse algo natural. Acabamos por repetir esse modelo em nosso dia a dia com as pessoas próximas de nosso convívio e até com pessoas distantes também. Os programas e novelas mantém esse tipo de comportamento (falar da vida dos outros) em evidência e normalizados.

É preciso fazer diferente para que nossas relações sejam saudáveis e prósperas.

Se for pra falar de alguém que seja o bem pois o mal já se propaga sozinho.

Se não tem nada de bom para dizer sobre alguém, então não fale.

Que seu comentário sirva para construir.

(Acrísio de Medeiros)

O que é alimentado vive.
Liberdade é uma escolha diária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *