Máscaras ou papéis ?

Guardar ciúmes, mágoa é como segurar um touro bravo !
13 de julho de 2017
Por que só procuramos solução quando a coisa já está feia ?
29 de novembro de 2017
Exibir tudo

Máscaras ou papéis ?

 

Nas diferentes funções do dia a dia exercemos vários papéis. Somos indivíduos, temos nossos cuidados pessoais desde asseios, saúde, estudos, lazer, hobbies etc. Vivemos em família e nela assumimos nosso papel de filhos, marido, esposa ou pais e nela temos nossa cota de participação. Trabalhamos e também exercemos nossos papéis e etc.
Esses papéis são vividos com o que somos. Esse é o ideal.
Mas muitas vezes mascaramos quem somos para parecermos diferentes do que somos. Aí começam os problemas porque ao mascararmos o que somos, estamos dizendo para nós mesmos que não somos bons o suficiente. A insatisfação pessoal traz a inadequação, que traz a vergonha de ser quem sou, que traz consigo a baixa autoestima, e é quando chegam a doenças.
Livre-se das máscaras, elas escondem, camuflam, distorcem e aos poucos você pode perder a própria noção de quem você realmente é.
Para deixar as máscaras é preciso declarar amor a você, aceitando e valorizando quem você é.
Talvez você possa dizer: “papai e mamãe me olhem com carinho se, daqui por diante eu fizer um pouco diferente de vocês”.

(Acrísio de Medeiros)