Guardar ciúmes, mágoa é como segurar um touro bravo !

O medo da solidão !
12 de julho de 2017
Máscaras ou papéis ?
29 de novembro de 2017
Exibir tudo

Guardar ciúmes, mágoa é como segurar um touro bravo !

 

Parei para ver um touro, amarrado no brete, e o peão em cima bem amarradinho se achando seguro!
A cena era tranquila e tudo parecia calmo. Mas foi só abrir a porteira que o bicho de uma tonelada, sai dando pinotes enormes e corcoveando de um lado para o outro até derrubar aquele que tentava se agarrar a todo custo no seu lombo. E se não bastasse a queda, o touro ainda vem com tudo pra cima babando pra terminar o serviço… ah se não fossem os palhaços ajudantes para distrair o bichão furioso.

O touro no brete é o ciúme, a mágoa, a raiva guardados e não falados.
O peão por cima do touro no brete amarradinho – é você acreditando que essas emoções estão dominadas se não forem reveladas.
O bicho corcoveando – é quando num outro momento as emoções guardadas cobram o preço e você explode pois não reconhece que esse momento de fúria tem a ver com aquela mágoa, ciúmes, raiva que você havia escondido.
O peão no chão e pronto pra ser pisoteado pelo touro – é você com ressaca emocional depois da explosão de fúria e sem compreender o que está acontecendo… daí vem outros prejuízos por esse seu comportamento.
Os palhaços ajudantes que distraem o touro – seus amigos, terapeutas e médicos que tentam ajudar você a se livrar desse comportamento perigoso e destrutivo.
Pense nisso e fale sobre o que você está sentindo. Guardar esses sentimentos só prejudica você.

(Acrisio de Medeiros)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *